Tipos de Curativos

O tipo de curativo varia com a natureza, a localização e o tamanho de ferida. Em alguns casos é necessária compressão; em outros, lavagem com soluções fisiológicas ou anti-sépticos. Outros exigem imobilização com faixas elásticas ou ainda gesso.

A seleção é feita com base em suas propriedades físicas de proteção e manutenção de medicamentos em contato com a ferida. Não se pode dizer que existe um curativo ideal, mas um curativo bem feito resulta em uma cicatrização melhor.

  1. CURATIVO SEMI-OCLUSIVO

Este tipo de curativo é absorvente e comumente utilizado em feridas cirúrgicas.

VANTAGENS:

* Permite a exposição da ferida ao ar;

* Absorve o exsudato da ferida;

* Isola o exsudato da pele saudável adjacente

2. CURATIVO OCLUSIVO

Não permite a passagem de ar ou fluídos,sendo uma barreira contra bactérias.

VANTAGENS:

* Vedar a ferida;

* Impedir a perda de fluídos;

* Promover isolamento térmico e  de terminações nervosas;

* Impedir formação de crostas.

Curativo_Oclusivo

3. COMPRESSIVO

Utilizado para reduzir o fluxo sanguíneo ou promover estase , ajudar na aproximação das extremidades do ferimento.

Curativo_Compressivo

4. SUTURA COM FITA ADESIVA

Este tipo de curativo é apropriado para cortes superficiais e de pequena extensão. Consiste em unir as bordas do tecido seccionado após a limpeza da ferida.

Sutura_Fita_Adesiva

Classificação de curativos

Os curativos são classificados de acordo com suas características e propriedades, com uso de coberturas especiais que mantém a umidade do leito da ferida favorecendo a cicatrização e permitindo o alívio da dor. Possuem ainda ação bactericida ou ação desbridante.

CURATIVOS-COBERTURAS MAIS USADOS :

Alginatos, hidrocoloide, placa de poliuretano, papaína, colagenase, carvão ativado com prata, óleos AGE (ácidos graxos essenciais), telas de algodão parafinada.

Deixe uma resposta