Arquivos mensais: abril 2015

Dengue – Prevenção e Diagnóstico Rápido

Em tempos de água escassa, fica preocupante a questão da Dengue. Enquanto os agentes de saúde se matam para erradicar os focos, as pessoas passaram a armazenar água de chuva e outras em baldes e vasilhas abertas.

Por isso, a DENGUE virou epidemia em São Paulo, e avança pode lugares que nunca tinha frequentado.

Ao não conseguirmos prevenir, o diagnóstico rápido é importantíssimo para combater a doença.

Conhecer a doença e como ela se manifesta, identificar os sintomas e saber diferenciar a chamada Dengue “Clássica” da Dengue “Hemorrágica”, esta última gravíssima, pode fazer a diferença entre um tratamento rápido e sem consequências e a morte do doente, principalmente no caso de pessoas com alguma debilidade orgânica ou crianças.

Dengue - Prevenção e Diagnóstico

Ao identificar dois ou mais sinais de: a) Dor Intensa na Barriga; b) Sinais de Desmaio; c) Náusea; d) Falta de Ar; e) Tosse Seca e f) Sangramentos procure um médico ou atendimento de Saúde Pública.

Tratamento
Hidratação é parte importante do tratamento. Como o paciente perde muito líquido, a reidratação é fundamental e necessária.  Deve-se ingerir muita água, suco, água de coco ou isotônicos. Destaca-se que bebidas alcoólicas, diuréticas ou gaseificadas, como refrigerantes, não são considerados líquidos reidratantes.

CUIDADO com armazenamento de água em tempos de seca ou de racionamento. Tampem todas as vasilhas de água armazenada e não deixem de jogar fora água de vasos de plantas e outras que possam hospedar o mosquito da Dengue.

Fontes: Ministério da Saúde, Secretaria Municipal de Saúde, Portal G1.Com.Br

Saúde do Trabalhador e Terceirização

Infelizmente, ainda são pífios os números e estatísticas publicizadas sobre como é prejudicial à saúde do trabalhador, as condições precárias a que são submetidos e que pioram com a terceirização.

Precarizacão do Trabalho

A frase de que terceirização mata, é fraca para mostrar o quadro alarmante que está acontecendo em todo o país.

A saúde pública, está sendo terceirizada, a saúde nos hospitais particulares está sendo terceirizada. Atividades fins, que deveriam ser exercidas por profissionais contratados diretamente pelas empresas e órgãos de saúde estão, há muito tempo, sendo exercidas por profissionais em desvio de função, por profissionais não qualificados.

É comum um posto de saúde ser coordenado por profissionais que não entendem de saúde. É comum, na ausência de profissionais qualificados para análise de situação dos pacientes e população, até guardas de segurança fazerem “avaliação” e darem orientação sobre o que deve ser feito.

CAOS total.

Não é por acaso que o movimento contra a terceirização e precarização no Brasil vem ganhando força. Todos contra este projeto de lei maléfico que só podia sair da cabeça de quem não se preocupa com a saúde e com a vida dos trabalhadores.

Os casos que acompanhamos, para não falar de experiência própria, são casos alarmantes, profissionais estão tendo seu tempo de vida profissional reduzidos a cada ano. Especialmente os terceirizados, que sujeitam-se a trabalhar em condições mais precárias do que os trabalhadores diretos que submetem-se a condições iguais.

Ator norteamericano apoia protestos contra PL4330 (Imagem: Site Terra)

 

Temos que parar este Projeto de Lei 4330 !!!

As 10 Doenças que Mais Matam no Brasil

A vida agitada nos grandes centros urbanos, a falta de exercícios físicos, o estresse, a poluição, a alimentação rápida e rica em gordura e açúcar e o consumo excessivo de bebidas alcoólicas e tabaco estão causando diversas doenças nos brasileiros.

 

A Dez Mais

  1. Doenças cerebrovasculares;
  2. Infarto agudo do miocárdio;
  3. Pneumonias;
  4. Diabetes mellitus;
  5. Doenças hipertensivas;
  6. Bronquite, enfisema, asma;
  7. Insuficiência cardíaca;
  8. Câncer do pulmão;
  9. Outras doenças isquêmicas do coração;
  10. Cirrose e doenças crônicas do fígado.

Advindos destes problemas, são mais comuns, nos grandes centros urbanos, doenças como o câncer, o diabetes e doenças do coração.

Continue lendo As 10 Doenças que Mais Matam no Brasil